Enem pode garantir certificado de conclusão do Ensino Médio

id_enem.pngMedida passa a vigorar este ano para maiores de 18 anos que conseguirem um bom desempenho no exame. Pesquisadores discutem se política incentiva a falta de assistência à escola.

A partir deste ano, jovens e adultos que não concluíram o Ensino Médio podem receber certificado desta etapa de ensino caso tenham um desempenho satisfatório no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Estão aptos a conseguirem o certificado nestas condições candidatos maiores de 18 anos e que obtiverem no mínimo 400 pontos nas provas e 500 na redação.

  De acordo com o MEC, este tipo de certificação já era possível pelo Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). O Encceja continuará a certificar os candidatos para o Ensino Fundamental, mas com relação ao Ensino Médio, é o Enem que passa a assumir esta função.   O consultor da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade do MEC (Secad), Paulo Mello, explica que as concepções do Enem e do Enceja seguem a mesma matriz de competências e habilidades. Por isso, o MEC tomou a decisão de atribuir mais esta função de certificação no Ensino Médio ao Enem, para não existirem duas provas potencialmente com a mesma função. “Aquilo que era solicitado numa prova também era solicitado na outra. Por isso, não havia a necessidade de se manter a mesma prova”, diz.   Em fevereiro deste ano, o Ministério da Educação publicou a portaria normativa nº 4, que instrui sobre esta possibilidade de certificação via Enem. O documento explica que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) disponibilizará as notas dos candidatos às Secretarias de Educação dos Estados, Municípios e do Distrito Federal e aos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, que serão os responsáveis por expedir os certificados. Estes mesmos órgãos poderão conceder também declarações de proficiência em áreas específicas do Enem. Por exemplo, se o candidato desejar ter seus conhecimentos certificados apenas na parte de Linguagens, Códigos e suas tecnologias – uma das áreas do Enem – também poderá fazê-lo e, posteriormente, solicitar a proficiência nas outras áreas.   Paulo Mello detalha que, entretanto, o exame não será a única maneira de um candidato conseguir a certificação para o Ensino Médio, já que os sistemas de ensino têm autonomia para desenvolver outras propostas. “A legislação brasileira permite que todos os sistemas de ensino possam criar cursos e fazer certificações. Então, o estado pode criar seu próprio exame ou permitir que determinada escola realize exames. Esta é uma decisão que cabe a cada Conselho Estadual de Educação. O que o MEC faz é tentar induzir uma política de qualidade, que não sejam quaisquer exames utilizados no processo de certificação”, comenta.   Educação de Jovens e Adultos X exames de certificação   O vice-presidente da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa na Educação (Anped), José Ferreira de Oliveira, acredita que políticas de certificação se chocam com propostas de fortalecimento da educação de jovens e adultos. Ele explica que pesquisadores ligados ao grupo de trabalho de Educação de Jovens e Adultos da Anped defendem uma educação mais consistente, que não se resuma a exames, como já acontecia antes com as antigas provas supletivas. “Esta proposta agora do Enem consolida de alguma maneira a velha política dos exames supletivos. Isso passa por cima de propostas pedagógicas que possam de fato ser mais consistentes do ponto de vista da formação, de experiências exitosas em Educação de Jovens e Adultos”, critica.   Já o professor da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP), Ocimar Munhoz, considera a certificação com uma medida “menos pior” diante do grande número de pessoas com mais de 18 anos que não concluíram o Ensino Médio e nem voltarão para a escola. “Qual é o melhor dos mundos? Que todas estas pessoas pudessem ter feito o Ensino Fundamental e o Médio na idade adequada. Mas a realidade é que um número muito grande de pessoas não concluiu essas etapas. A segunda opção é que estas pessoas fossem para a escola fazer a modalidade EJA, mas esta educação encontra uma dificuldade muito grande de oferta. Diante disso, a possibilidade de uma equivalência através da realização da prova é uma alternativa”, argumenta.   De acordo com os dados do censo escolar realizado pelo Inep em 2009, as matrículas na modalidade EJA tiveram uma queda de 5,7% em relação a 2008. No Ensino Médio, as matrículas recuaram 0,3% mantendo, de acordo com o Instituto, a tendência dos anos anteriores. Os dados mostram ainda que não há cobertura total de Ensino Médio no país, já que apenas 84,12% da demanda é atendida.   Ocimar observa que as pessoas que não concluíram o Ensino Médio ou sequer o iniciaram podem eventualmente querer voltar aos bancos escolares, mas esta não pode ser a única solução apresentada a elas, diante das dificuldades que muitas vezes isto significa. O professor reforça ainda a importância de as provas serem bem feitas e bem aplicadas. “Nós não estamos vendendo ilusões para as pessoas: só vai ser aprovado no exame quem sabe aquilo que precisa saber. É como a história da alfabetização: alguém pode aprender a ler e a escrever sem ter ido à escola, mas eu espero que quem vá à escola também aprenda isso e algo mais, que é a convivência, por isso a frequência escolar”, defende.   Paulo Mello explica que, para o Enem funcionar como certificador do Ensino Médio, é exigido que o candidato tenha cursado o Ensino Fundamental, o que, segundo ele, assegura que a pessoa já tenha algum saber escolar acumulado. “O modelo de organização do exame não é apenas do conteúdo escolar, abarca competências que a pessoa pode adquirir no trabalho, em outros ambientes sociais, numa concepção ampla de educação. A ideia é a de que não é porque estas pessoas deixaram de freqüentar a escola que encerraram o seu processo de formação educacional, formação humana, no seu desenvolvimento cognitivo, de leitura do mundo”, pondera.   Certificação para dois públicos   O educador Celso Ferretti, professor aposentado da PUC-SP, lembra que exames de certificação podem favorecer pessoas das camadas populares que tiveram que abandonar os estudos, mas também da classe média ou alta. Ele comenta que muitos jovens destas classes paralisam os estudos, por exemplo, para fazerem intercâmbios em outros países. “São dois tipos de população que teriam acesso a esta facilidade. Evidentemente, o segundo grupo é mais beneficiado, porque tem mais recursos para ter mais escolaridade e chega ao Enem com mais condições de obter a certificação”, observa.   Ferreti chama a atenção também para uma outra questão: a proliferação de cursinhos preparatórios. “Aí é mais complicado porque uma coisa é ter a experiência da vida escolar, onde você se defronta não apenas com o aprendizado de conteúdos e o desenvolvimento de certas habilidades, mas há uma convivência. No caso brasileiro, muitas vezes é uma convivência não saudável, mas de qualquer forma faz parte na formação do indivíduo. E a riqueza que a escola teoricamente pode proporcionar é muito grande comparativamente à aferição de alguns conhecimentos ou habilidades por meio de uma prova”, destaca.   Já o MEC acredita que a proposta de certificação via Enem diminui a existência dos cursos que se dedicam a formar para os exames de certificação. “A LDB já estabelece esta regra da certificação por exame. Da forma como o exame está agora elaborado, garante-se mais qualidade porque ele não tem uma perspectiva conteudista”, argumenta Paulo Mello.   Risco de evasão   E se a possibilidade de certificação via Enem incentivar jovens estudantes a abandonarem a escola? Para o professor Ocimar, a evasão já acontece atualmente quando muitos jovens deixam o ensino formal e migram para a modalidade EJA. “Alguém pode pensar isso, mas pode se desiludir. Porque não existe milagre, estamos pensando que as pessoas serão informadas e saberão que não será tão fácil assim fazer a prova”, afirma.   O professor Celso Ferretti diz que esta também é uma preocupação, já que os jovens podem pensar em se matricular apenas no cursinho preparatório. “E neste caso é mais perverso do que o preparatório do vestibular. Porque o curso para o vestibular cria condições para o indivíduo competir num exame de ingresso. Não que o vestibular seja uma coisa boa, mas cria uma condição para isso. Já o certificado por meio do Enem é o atestado de que ele possui uma formação, não de que ele está apto a obter uma formação, o que pode produzir uma distorção”, alerta.   Paulo Mello destaca que o MEC está empenhando esforços em renovar a concepção do Ensino Médio no país, de forma que seja mais atrativo e os estudantes não evadam tanto. Ele ressalta que uma das experiências neste sentido é justamente o programa Ensino Médio Inovador, que aumenta a carga horária dos estudantes e aposta em uma formação integrada com o mundo do trabalho e atividades complementares.  “Há uma crise do Ensino Médio que não é recente, a preocupação é melhorar o Ensino Médio para que os jovens não se sintam motivados a sair dele. Não é o exame que será um fator para diminuição de freqüência ou evasão de alunos do Ensino Médio. Nós achamos que temos que inovar para assegurar a permanência destes alunos nesta modalidade”, defende.   Os dados do censo escolar do Inep relativos a 2009 mostram que há cerca de 8,2 milhões de matrículas no Ensino Médio. Entretanto, pelos números da Pnad de 2008, há cerca de 17 milhões de pessoas no Brasil com idades de 15 a 19 anos. O cruzamento dos dados revela que em torno de seis milhões de jovens estão fora da escola justamente na idade em que deveriam estar cursando o Ensino Médio, aproximadamente 35% do total. Na população com idade de 18 e 19 anos, este percentual de jovens fora da escola pode ser ainda maior. Conforme divulgou o MEC, em 2006, dos sete milhões de jovens de 18 e 19 anos apenas 27,7% estavam matriculados no Ensino Médio. A Pesquisa Nacional de Amostras de Domicílios (Pnad) de 2008 revela também que, em média, as pessoas com 18 anos ou mais não concluem sequer o Ensino Fundamental. A média de anos de estudo nesta faixa etária é de 7,4 anos, menos do que os 11 anos necessários para se concluir o Ensino Médio. Na população de 25 anos ou mais de idade, a média de estudo cai para 7 anos.

 

Comentários

imagem de Alda

Enem

Olá! Eu gostaria de saber um pouco mais à respeito do enem, pois estou no 1º ano do ensino médio e tenho 14 anos, no próximo ano eu estarei no 2º ano com 15 anos, estou estudando para o enem, gostaria de saber se  por acaso eu passasse na prova do enem eu poderia assumir ( ir pra universidade )???? Ou isso serviria pra mim apenas como teste??

 

 

 

Vote neste Comentário
imagem de Liliane Oliveira Palhares da Silva

Resposta à Alda

Olá Alda,

O ENEM foi criado para que os alunos do Ensino Médio possam fazer uma auto avaliação sobre os conhecimentos que adquiriu na escola. Para além disso, o ENEM hoje é utilizado como um mecanismo de entrada em algumas Universidades. Para se inscrever no ProUni (programa que oferece bolsas em universidades particulares) é necessário que o aluno tenha feito o ENEM. Além disso algumas Universidades Públicas estão adotando o ENEM como processo seletivo ou parte deste. Vale a pena você procurar as universidades que te interessa e buscar saber como é o processo seletivo.

No portal há matérias específicas explicando as formas que os alunos podem utilizar  para ingressar em uma universidade. Confira!

Vestibular Seriado

ENEM

ProUni

Boa sorte!!!

Liliane Palhares

Vote neste Comentário
imagem de Nanda

pergunta

Eu gostaria de saber como faço para aduirir o certificado de conclusao, eu parei no ultimo ano do ensino médio, fiz o Enem, o ano passado obtive média de mais de 500 em todas as matérias, requisitei o certificado no site do inep, na ocasiao da divulgaçao das notas e nao recebi nada, nunhuma resposta.

 

Vote neste Comentário
imagem de Nanda

eu gostaria de saber como

eu gostaria de saber como obter a certificaçao, eu parei no ultimo ano do ensino medio, tive média de mais de 500 pontos em todas as materias, requisitei o certificado, no site do Inep, na ocasião da divulgaçao das notas, e nao recebi nada nenhuma resposta.

Vote neste Comentário
imagem de cristiane

certificado

 Boa tarde.

Fiz o enem 2010 e consegui em todas as materias mais de 400 pontos e em redação mais de 500 pontos,gostaria de saber como conseguir meu certificado  de ensino medio,estou anciosa pois estou fazendo um curso de tecnico em enfermagem e priciso do diploma alguem pode me ajudar obrigada  cristiane

Vote neste Comentário
imagem de Fernanda de Moraes

Oieee....   Eu sei que para

Oieee....

 

Eu sei que para concluir o ens. médio é necessário atingir, no minímo 400 pts em cada disciplina e 500 em redação

mas eu tirei 381,5 em matemática. O uqe eu faço, consigo ou não terminar o ens. médio?

Ou eliminar as matérias que eu passei no enem?

 

Desde já Agradeço!

Vote neste Comentário
imagem de Visitanterosimeire

conclusão ensino medio

oi bom so falta  so matematica pra min terminer  2°grau tava fazendo pela eja no colegio estadual de ipora -pr fiz o enem minha nota foi de 456 como faço pra ter esse certificado se eu tiver direito  aqui ninguem sabê responder fiz minha incriçao no prooni mesmo se eu não tiver direito pois pra segurar minha vaga me responde como fazo onde ir ou qual o site sou casada tenho 2 filhos e muita dispassisam pra cursar uma faculdade

Vote neste Comentário
imagem de Paulo Carrano

Respondendo Fernanda de Moares

Cara Fernanda, 

Veja neste link do MEC Orientações básicas para certificação no ensino médio

 http://www.enem.inep.gov.br/pdf/Enem2010_Orientacoes_certificacao_ensinomedio.pdf

Caso persistam as dúvidas, entre em contato com a coordenação de Ensino Médio da Secretaria de Educação de seu estado. 

Atenciosamente, 

Paulo Carrano e Nádia Falcão

Vote neste Comentário
imagem de Paulo Carrano

Resposta à Rosimere

 Rosimere, 

a resposta para a sua questão pode ser encontrada na mensagem que Liliane enviou para a Alda. Segue:

 

Olá Alda,

O ENEM foi criado para que os alunos do Ensino Médio possam fazer uma auto avaliação sobre os conhecimentos que adquiriu na escola. Para além disso, o ENEM hoje é utilizado como um mecanismo de entrada em algumas Universidades. Para se inscrever no ProUni (programa que oferece bolsas em universidades particulares) é necessário que o aluno tenha feito o ENEM. Além disso algumas Universidades Públicas estão adotando o ENEM como processo seletivo ou parte deste. Vale a pena você procurar as universidades que te interessa e buscar saber como é o processo seletivo.

No portal há matérias específicas explicando as formas que os alunos podem utilizar  para ingressar em uma universidade. Confira!

Vestibular Seriado

ENEM

ProUni

Boa sorte!!!

Liliane Palhares

 

Vote neste Comentário
imagem de renan

ensino medio enem

Ola gostaria de saber se com estas notas consigo a certificação do ensino medio

Linguagens, Códigos e suas Tecnologias 465.0 Presente
Matemática e suas Tecnologias 440.1 Presente
Ciências Humanas e suas Tecnologias 565.7 Presente
Ciências da Natureza e suas Tecnologias 481.3 Presente
Redação 475.0 Presente

Vote neste Comentário
imagem de Nádia Maciel Falcão

Resposta à Cristiane

Olá Cristiane,

Para obter o certificado de conclusão do ensino médio por meio do ENEM você deve se dirigir à Secretaria Estadual de Educação ou ao Instituto Federal de Educação de seu Estado. No site do MEC você encontra orientações sobre este procedimento e também os contatos das Secretarias e dos Institutos por cada Estado. É importante lembrar que você deve ser maior de 18 anos e ter obtido a pontução mínima de 400 pontos nas disciplinas e 500 pontos na redação. Segue link para acesso às orientações e contatos: http://enem.inep.gov.br/certificacao_contatos.php

Atenciosamente,

Vote neste Comentário
imagem de Luiz

enem 2010

oi fiz o enem e so nao consegui a media na prova de matematica alguem sabe me disser se consigo o certificado de conclusao ou nao ???

Vote neste Comentário
imagem de fox

certificação

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:"Tabela normal";
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:"";
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin-top:0cm;
mso-para-margin-right:0cm;
mso-para-margin-bottom:10.0pt;
mso-para-margin-left:0cm;
mso-line-height-alt:.5pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:"Calibri","sans-serif";
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-font-family:"Times New Roman";
mso-fareast-theme-font:minor-fareast;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;}

Ola!

 Eu queria tirar uma duvida.

 Eu fiz o Enem de 2010 tive minhas notas compatíveis com o sistema de certificação com isso obtive meu certificado, com esta mesma nota fui contemplado com uma vaga de um dos novos cursos da UFBA (Universidade Federal da Bahia) quando fui realizar minha matricula a universidade não sabia como proceder com esta nova situação depois de uma longa espera eu fui aconselhado por um funcionário da universidade que eu protocola se um requerimento solicitando que a mesma reservasse minha vaga ate que eles tivessem uma resposta para me dar. Depois do esclarecimento vem em fim as minhas duvidas.

Em algum momento foi discutido esta situação? A quem eu posso recorrer para mais informações?

 

Vote neste Comentário
imagem de Milla

Certificado de conclusão do ensino médio

 

Olá, tenho 17 anos e tirei as notas necessárias para retirar o certificado de conclusão do ensino médio, há alguma forma para que eu possa receber o certificado?
Minhas notas foram:

Linguagens, Códigos e suas Tecnologias: 579.8
Matemática e suas Tecnologias: 509.5
Ciências Humanas e suas Tecnologias: 561.9
Ciências da Natureza e suas Tecnologias: 507.9
Redação: 675.0

Não acho essa lei justa, se menores de idade conseguem tirar uma nota maior que a maioria dos adultos, então deveriam poder receber o certificado também.
Por favor, me respondam, preciso de ajuda, se eu entrar com um mandado de segurança consigo o certificado?
Obrigada.

 

Vote neste Comentário
imagem de Carina Araujo dos Santos

Dúvida

Olá 

Fiz a inscrição pro ENEM 2013 e na hora da inscrição acho que coloquei que não terminei o ensino médio ainda e saiu o boleto para pagar .Só que terminarei este ano.

Serei prejudicada por este motivo? O que devo fazer?

 

Atenciosamente

Vote neste Comentário
imagem de Egley Amarolina

Dúvidas, quanto ao Enem,click aqui:

Olá Carina,meu nome é Egley Amarolina,mediadora do Portal Uff Em diálogo,envio o link do site do Enem para esclarecimento quanto suas dúvidas a respeito de inscrição:

http://enem.inep.gov.br/situacao-escolar.html

Att;

Equipe Em diálogo!

Vote neste Comentário